CONDILOMA ANAL OU HPV


O HPV (papilomavírus humano) é o agente sexualmente transmitido mais comum. Estima-se que 70% da população adulta mundial, sexualmente ativa, já teve contato com esse agente infeccioso. Mais de 100 tipos de HPV ja foram descritos e cerca de 30 deles acometem a região anogenital.

Sua infecção leva geralmente à formação de verrugas que podem se apresentar na genitália, ânus, boca e pele, principalmente em paciente com algum grau de imunossupressão. A maioria dos pacientes não desenvolve as verrugas, característica da lesão, ou então estas ficam escondidas como por exemplo lesões no canal anal.

Na região anal estas lesões, caso não tratadas, podem evoluir para câncer de ânus.

A principal via de transmissão é por relação sexual, inclusive com sexo oral, logo o uso de preservativo não impede totalmente a contaminação mas sempre deve ser estimulado para prevenir outras doenças sexualmente transmissíveis.

Atualmente existe vacinas contra HPV: o Ministério da Saúde passou a disponibilizar a vacina contra o HPV para a população masculina de 12 a 13 anos na rotina do Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). A faixa-etária será ampliada, gradativamente, até 2020, quando serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos. Desde 2014 já havia esta disponibilidade para meninas dos 10 aos 14 anos. Tem se observado nos últimos anos que a vacinação, mesmo após o paciente ja ter se contaminado, tem reduzido recidivas e desaparecimentos de lesões pequenas.

O tratamento objetiva a retirada da lesão que, quanto mais precose, apresenta melhores resultados. Os métodos utilizados devem ser individualizados e vão desde agentes químicos como ácidos (ácido tricloroacético, podofilina) e quimioterápicos tópicos (imiquimode), até cirurgias (cauterizações elétricas, criocauterização e laser).

Paciente devem ser avaliados individualmente e seguidos em ambulatório com exames físico e colposcopia anal periódica, se for o caso, em busca de recidivas, principalmente pacientes homosexuais passivos, mulheres que praticam sexo anal sem preservativo e pacientes HIV positivos.



Para maiores informações acesse o endereço eletrônico:

www.aids.gov.br/pagina/condiloma-acuminado-hpv
 Voltar

Unidade Votuporanga


Av. da Saudade, 2472
Cidade Nova - CEP 15501-405
Votuporanga - SP
(17) 3422-2614 / 3423-6765

Atendimento

Segunda à Sexta
08:00 às 19:00h.